INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA RONDONIENSE REALIZA SEU III FÓRUM PREVIDENCIÁRIO

Nesta sexta-feira, dia 22 de setembro, em Porto Velho, encerrou-se mais um Fórum Previdenciário organizado pelo Instituto de Previdência dos Servidores Estaduais de Rondônia – IPERON. O evento contou com a participação de diversos palestrantes de expressão, especialistas em diversos assuntos: Prof. Dra. Iza Amélia Albuquerque; Dr. Leonardo da Silva Motta; Prof. Dra. Magadar Rosália Costa Briguet; Prof. Gustavo Carrozino; Prof. Dr. Fábio Zambitte Ibrahim.

O objetivo do evento foi fazer uma análise mais técnica do cenário atual em que se encontra a Reforma da Previdência (seu último texto), o Regime Próprio de Previdência Social, bem como apresentar o diagnóstico atuarial do IPERON 2017.

Diversos palestrantes fizeram menção aos estados do Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, que hoje vivem, basicamente, uma crise gerada pela questão previdenciária e que nos próximos anos deverá afetar todos os outros estados, caso providências enérgicas não sejam tomadas imediatamente para obter o equilíbrio atuarial do sistema.

O que se observa, é que os governos ao se depararem com o déficit previdenciário, já com poucos recursos para as politicas públicas, têm de escolher entre manter os serviços públicos para a população ou pagar os proventos de aposentadoria, e nesta queda de braço, geralmente, o aposentado sai perdendo.

O evento teve uma boa participação de todos os seguimentos da sociedade rondoniense e alcançou seus objetivos, fazendo com que todos os presentes vissem com clareza o problema, que não deve ser ignorado, mas enfrentando com inteligência e responsabilidade.

“Realmente foi um evento muito enriquecedor. É impossível resolver questões tão complexas sem conhecimento especializado. O Fórum proporcionou grandes ferramentas a nós conselheiros do instituto” – disse Emílio Albuquerque, Conselheiro do IPERON, Diretor Administrativo e Financeiro do Sintec-RO e Diretor da FEBRAFISCO.