Em Ji-Paraná, Maurão volta a cobrar fim de isenção fiscal a frigoríficos

27/03/2015 – 16h55min – Atualizado em 27/03/2015 – 16h55min

Durante café da manhã com a imprensa de Ji-Paraná, na manhã desta sexta-feira (27), em um hotel da cidade, o presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho (PP), voltou a cobrar o fim dos incentivos fiscais aos frigoríficos e a criticar o grupo JBS Friboi, acusado de monopolizar o abate e comércio da carne bovina no Estado.
“Nesta semana, apresentei a denúncia no plenário da Assembleia e continuo na luta pelo fim da isenção tributária para essas empresas, em especial o grupo JBS, que deixa de recolher em tributos cerca de R$ 100 milhões ao ano, graças a esse benefício”, explicou Maurão.

Hoje, amparado em uma lei de 2005, os frigoríficos têm uma redução tributária que acaba afetando a arrecadação do Estado. “Num momento de crise, o Governo não pode abrir mão de imposto para o grande, enquanto os pequenos sofrem para se sustentar no mercado. É injusto”, afirmou.

Acompanhado do deputado Laerte Gomes (PEN), o presidente foi recebido pelo vereador Josiel Brito (PMDB), que organizou a recepção à imprensa e às demais autoridades presentes.

Laerte destacou que na atual legislatura, as matérias têm sido analisadas nas Comissões Temáticas da Casa, antes de irem ao plenário. “Assim, todos os projetos que aportam na Assembleia são amplamente debatidos, como devem ser. Essa tem sido uma marca na atual legislatura, comandada pelo deputado Maurão”, observou.

Hospital de Câncer
Durante o contato com os jornalistas, o presidente da Assembleia Legislativa anunciou que, após ser informado da necessidade de credenciamento da unidade do Hospital de Câncer de Barretos, o Governo do Estado se sensibilizou e o processo de credenciamento será iniciado junto ao Ministério da Saúde.

“Com isso, boa parte dos gastos que o Estado ajuda a cobrir na unidade será ressarcida pela União”, acrescentou.
Ao final, Maurão agradeceu ao apoio de todos e disse que a responsabilidade só aumenta. “Não podemos errar, pois a sociedade deposita em nós sua confiança. Temos trabalhado, todos os deputados, para fazer o melhor por Rondônia”, destacou.