Receita anuncia as regras do Programa de Imposto de Renda 2015

Publicado: 04/02/2015 13h00

Última modificação: 05/02/2015 11h20

 

Este ano será possível fazer a declaração no modo online através do e-Cac.

Durante entrevista coletiva que aconteceu na manhã desta quarta-feira, 4, o supervisor nacional do programa imposto de renda, Joaquim Adir, a coordenadora-geral de tributação-substituta, Claudia Pimentel, explicaram a in-1545-03-02 RFB 2015 publicada hoje no DOU.
Este ano cerca de 27,5 milhões de contribuintes devem prestar contas ao fisco. O prazo para a entrega começa no dia dois de março e encerra-se no dia 30 de abril. O programa gerador da declaração deverá ser lançado até o final de fevereiro. A multa por atraso de entrega será de 1% ao mês-calendário, até 20% – valor mínimo R$165,74.
Alguns limites foram corrigidos em 4,5% em relação ao ano passado:

Obrigatoriedade 2015                                       Ano Anterior                   2015
Rendimentos Tributáveis                             R$    25.661,70             R$    26.816,55
Rendimentos Isentos                                    R$   40.000,00            R$   40.000,00
Atividade Rural                                              R$  128.308,50            R$  134.082,75
Bens em 31 de dezembro                              R$ 300.000,00           R$ 300.000,00

Desconto Simplificado
20% – limitado a                                            R$      15.197,02            R$   15.880,89

Deduções
Dependentes                                                  R$       2.063,64           R$       2.156,52
Instrução                                                        R$       3.230,46           R$       3.375,83

Contribuição Oficial
Contribuição à Previdência Complementar         12% rend. trib.                12% rend. trib.

Despesas Médicas
Dedução Empregada doméstica:              R$        1.078,08             R$      1.152,88

Doações- ECA – Incentivo a Cultura – a
Atividade Audiovisual – ao                                         6%                                 6%
Desporto e ao Estatuto do Idoso.